Como começar a implementar as melhorias individualizadas?

Já falamos aqui sobre o que são e qual é a importância das melhorias individualizadas. Porém, por mais consciente que você esteja sobre essa necessidade, é comum ter dúvidas de como começar a aplicar as melhores estratégias para tornar sua empresa mais produtiva e lucrativa. Pensando nisso, preparamos esse post sobre como aplicar melhorias individualizadas. Aproveite essa oportunidade para tirar suas dúvidas e continue lendo!

Como aplicar melhorias individualizadas na minha empresa?

Melhorar os processos da sua empresa requer medidas diárias, ou seja, identificar aquilo que impede o crescimento da organização e como resolver os problemas cotidianos.

É necessário perguntar a si mesmo quais são os objetivos de cada ação executada, identificar quais os processos são necessários e como melhorá-los. Logo, é preciso ter consciência de como o ciclo produtivo da empresa é processado. Após estabelecer o trabalho da empresa é imprescindível seguir algumas etapas para as melhorias individualizadas:

1. Determinar padrão de trabalho

Em primeiro lugar, é preciso saber se há um padrão de trabalho que é possível melhorar. Nesse caso, o ideal é descrever todo o trabalho por escrito, ou seja, ter documentada a execução da produção para definir aquilo que pode ser otimizado.

Com um padrão de trabalho estabelecido, aplica-se estratégias para consertar os erros que impedem o crescimento da sua corporação.

2. Identificar medidas existentes

O segundo passo é identificar as medidas do seu processo de trabalho. Reúna informações sobre a produtividade da companhia, tais como custo unitário de produto e ou serviço, tempo de ciclo, dentre outros.

Em seguida, monte uma tabela colocando cada medida, seu atual grau de sucesso e a meta que se pretende alcançar, com o intuito de melhorar os serviços e os itens oferecidos pela empresa.

3. Medir a qualidade de produtos e serviços

É óbvio que uma empresa referência de mercado tem os melhores insumos e serviços diante da concorrência. É preciso saber como sai cada produto final e analisar se ele atende ao seu público. A melhor maneira de saber como está a qualidade dos seus produtos e ou serviços é saber o grau de satisfação de seus clientes.

4. Obtenha feedback dos clientes

Os consumidores são o motivo de a sua empresa existir. Não adianta você se sentir satisfeito com sua produtividade se as pessoas que você atende não gostam dos seus serviços ou itens.

Saiba qual é a percepção de seus clientes com relação ao que sua empresa produz. Sempre solicite um feedback para ter um retorno sobre a opinião do comprador em relação à sua empresa, acompanhe atentamente cada etapa de venda e veja o que pode ser melhorado para otimizar o melhor atendimento aos seus clientes.

Lembre-se: melhoria é constante

Agora você já tem uma ideia de como começar a implementar as melhorias individualizadas. É preciso analisar cada ação empresarial separadamente e ver aquilo que está com um rendimento abaixo do esperado.

E lembre-se: a melhoria é constante. Não adianta aplicar as melhorias apenas uma única vez. Acompanhe e fique por dentro de todas as novidades dos processos de trabalho e busque novos meios para tornar sua empresa referência no mercado.

Se você quiser saber mais sobre como aumentar os resultados da sua empresa e implementar ainda mais melhorias, baixe nosso Guia da Manutenção da Produtividade na Indústria!